Traje Masculino, tudo o que você precisa saber

 Se descobrir qual traje masculino ideal para cada ocasião te dá um nó na cabeça, vamos te ajudar!

traje-masculino-victoria

Seja terno, fraque, meio-fraque, smoking ou costume, a dúvida sempre bate e aí é hora de se informar! Cada traje pede uma ocasião específica, e você vai ver que nada é um bicho de sete cabeças como a maioria dos homens pensa!

Descobrindo o traje masculino

A primeira pergunta a se fazer antes de escolher o traje é: qual o tipo de evento. Respondendo isso, tudo começa a ficar mais claro e as perguntas sequenciais vão dando ainda mais certeza de qual o traje que deve-se usar na ocasião.

Então vamos lá, as perguntas principais são:

  • Qual a ocasião?
  • Qual o horário da festa?
  • Os donos da festa evidenciaram algum traje no convite ou estilo do evento?
  • Qual o local do evento?

Feito isso, está na hora de descobrir quando usar cada um desses trajes que existem no mercado.

1. Smoking

 

traje-masculino-costume (2)

traje-masculino-costume (1)

 

Começamos pelo mais tradicional dos trajes. Ele geralmente é exigido em uma festa Black Tie, ou seja, mais elegante e feita à noite.

Composição: casaco curto com a opção de lapelas em seda ou cetim, faixa ou colete, camisa branca com plissado, gravata borboleta e sapato clássico.

Qual tipo de evento: cerimônias formais e noturnas.

2. Fraque

traje-masculino-fraque

Criado para ser usado nas cerimônias diurnas, quando este traje chegou ao Brasil foi adaptado e atualmente é tido como mais formal, feito para festas mais clássicas.

Composição: paletó cinza escuro com a parte de trás mais longa, camisa branca, calça rica de giz e gravata na cor prata. As principais características desse traje são sua longa cauda, que vai até a altura do joelho, e o corte triangular na frente. As cores mais comuns para paletó e calça são o preto e o cinza. O colete normalmente é cinza ou branco.

Qual tipo de evento: cerimônias formais durante o dia – normalmente antes do pôr-do-sol. No Brasil, a regra do horário não existe e o fraque muitas vezes é visto em casamentos noturnos.

3. Meio-fraque

traje-masculino-meio-fraque

O meio-fraque é uma criação brasileira. Foi criado como adaptação do fraque com a intenção de ser usado em situações menos formais do que as que se usam o fraque.

Composição: a principal diferença do meio-fraque é o paletó curto. O restante se mantém o mesmo: calça listrada, colete cinza, camisa branca e gravata prata.

Qual tipo de evento: festas mais clássicas, mas com uma pitada de informalidade. Muitas vezes é usado em cerimônias durante o dia.

4. Terno

traje-masculino-terno (1)

traje-masculino-terno (2)

Menos formal que os trajes anteriores, mas nem por isso pior, o terno é um dos queridinhos quando o assunto é festa. Versátil e fácil de usar no dia a dia, é a melhor opção para todos.

Composição: calça, colete e paletó. A calça e o colete devem ser do mesmo tecido e da mesma cor. Ele precisa ser acompanhado de uma camisa social.

Qual tipo de evento: muito mais amplo que o smoking, o terno pode ser usado em diversas ocasiões, e para isso existem cores mais claras – indicadas para o dia. E cores mais escuras, indicadas para a noite.

5. Costume

traje-costume2

traje-costume

O costume nada mais é do que o terno sem o colete, ou se preferir, é o traje composto apenas pela calça e paletó, sem o colete.

Composição: composto pela calça e o paletó, sem colete. Fica perfeito com a gravata borboleta, um look mais moderno e informal. As duas peças devem ser da mesma cor, tecido — e padronagem.

Qual tipo de evento: cerimônia mais informal, pode ser usado tanto de dia quanto à noite.

Trajes: Victoria Alta Costura

Fotos: Ananda Souza

Modelo: Flávio Rodrigues

 

Deixe seu comentário